Pitch Gov SP

Tweet Alckmin atrai startups para inovar serviços públicos O programa Pitch.Gov.SP selecionará um total de 15 startups que deverão ajudar o poder público a solucionar desafios da área da saúde, educação e facilidades ao cidadão O governador Geraldo Alckmin lança nesta quinta-feira, 17 de novembro, a primeira edição do Pitch.Gov.SP, […]

PitchGovSP

Alckmin atrai startups para inovar serviços públicos

O programa Pitch.Gov.SP selecionará um total de 15 startups que deverão ajudar o poder público a solucionar desafios da área da saúde, educação e facilidades ao cidadão

O governador Geraldo Alckmin lança nesta quinta-feira, 17 de novembro, a primeira edição do Pitch.Gov.SP, evento que busca atrair iniciativas inovadoras para solução dos desafios da administração pública. Em parceria com a PRODESP – Companhia de Processamento de Dados e com a Associação Brasileira de Startups – entidade que representa e estimula o desenvolvimento de startups brasileiras, lança esse programa, que será o primeiro do gênero realizada na América Latina. E tem a intenção de posicionar São Paulo como um dos Estados mais inovadores em seu continente, se igualando aos pioneiros no relacionamento com startups, como diversos estados americanos e também do Reino Unido.

Imagem - Governador Geraldo Alckmin em discurso sobre o Pitch Gov SP

O Governo paulista está atento as soluções tecnológicas inovadoras que, a todo momento, têm sido desenvolvidas para resolver ou contribuir com diversos problemas e necessidades da sociedade. O Pitch.Gov.SP quer, por meio dessa política pública moderna, aproximar o Governo das soluções tecnológicas desenvolvidas por empresas nascentes (startups) para questões de interesse público que melhore a vida do cidadão. Ao mesmo tempo que o Governo se abre as inovações com enorme capital intelectual, também estimula novos empreendedores, fortalecendo esse setor da economia.

“Este instrumento criado pelo governador Alckmin é o primeiro grande passo na aproximação do governo com startups. Vai aprofundar a cooperação com a sociedade civil e o desenvolvimento de ações inovadoras na gestão dos serviços públicos. Queremos iniciativas que sejam aplicadas para aperfeiçoar a prestação dos serviços e dos recursos públicos”, explica Karla Bertocco, coordenadora do programa e subsecretária de Subsecretaria de Parcerias e Inovação.

Serão selecionadas um total de 15 startups que deverão ajudar o poder público a solucionar demandas da saúde, educação e facilidades ao cidadão. O coordenado pela Subsecretaria de Parcerias e Inovação, ligada a Secretaria de Governo e conta com o apoio das Secretárias de Governo, Educação, Saúde e Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Centro Paula Souza, Fundo de Solidariedade Social, Acessa SP e Poupatempo.

A Secretaria da Educação já é parceira da ferramenta Geekie+, que oferece planejamento de estudos para os 415 mil alunos da rede estadual que estão cursando o último ano do Ensino Médio e querem prestar o Enem. Na plataforma, o plano de estudos é feito com base nas disciplinas que os estudantes têm mais dificuldade e precisam de atenção. De forma interativa aponta exatamente os conteúdos necessários de acordo com as respostas de cada um. Conheça em www.educacao.sp.gov.br/geekie.

Outras plataformas também chamam a atenção por seus avanços funcionais, como é o Agenda Kids, de controle de atividades escolares e comunicação entre pais e filhos. O Imaginie, que corrige redações automaticamente. Ainda na área da educação, o Discover é também um bom exemplo para ser feito no Brasil, ele auxilia na matrícula da rede de escolas públicas de Boston. Outro modelo internacional é o Itriage, uma ferramenta de triagem de pacientes e localização de unidades de saúde mais próximas. As plataformas que ajudam as pessoas a se deslocarem com informações dos transportes públicos também contribuem enormemente na vida das pessoas.

Os exemplos são inúmeros, por isso o governo de São Paulo esta atrás dessas soluções que possibilitem, a um só tempo, a melhoria da qualidade e a viabilização de novos serviços, além de dar mais eficiência e ampliar o acesso à população. As ferramentas selecionadas deverão ser apresentadas para uma banca com técnicos dos órgãos envolvidos e as soluções mais atraentes poderão ser testadas no Estado por meio de convênios.

Podem participar pessoas jurídicas com CNPJ inscritos há no máximo cinco anos. Os candidatos deverão apresentar projetos que se enquadrem aos 35 desafios propostos e serão priorizadas as soluções concretas, que já possuem protótipos funcionais. A maturidade da solução é um dos critérios de avaliação.

As startups que se interessarem por concorrer as vagas no Pitch Gov SP devem apresentar suas inovações entre os dias 17 de setembro e 18 de outubro. As ferramentas selecionadas serão apresentadas em um evento no dia 17 de novembro, com a presença dos técnicos dos órgãos envolvidos, de grandes empreendedores de todo o país, de potenciais investidores e demais pessoas envolvidas nesse ecossistema de inovação. 

Imagem - Publico presente no Salão dos Despachos no evento de lançamento do Pitch Gov SP

Alguns desafios apresentados para o Pitch Gov SP

Secretaria de Educação

  • Como aumentar o engajamento dos pais na vida escolar do filho de forma a aumentar a frequência e o desempenho escolar dos alunos?
  • Como registrar, monitorar e acompanhar dados dos alunos que possibilitem avaliação nutricional e intervenção alimentar?
  • Como disponibilizar acesso digital à livros, revistas, produções estudantis e outras publicações aos alunos e familiares?

Centro Paula Souza

  • Como fazer um registro automático da presença ou ausência dos alunos nas aulas do CPS, de tal maneira que o sistema consiga produzir informações relevantes sobre a assiduidade e motivação dos alunos?

Saúde

  • Como o médico pode registrar suas conclusões no exame ou prontuário sem a necessidade de digitação?
  • Como acelerar os laudos de exames de imagem? Como armazenar e processar os exames de imagem?
  • Como diminuir o número de abstenções em consultas ou procedimentos agendados em grandes cidades?
  • Como agilizar o procedimento de triagem dos pacientes?

Fundo de Solidariedade

  • Como aproximar os alunos qualificados nas escolas de formação de melhores oportunidades de trabalho e futuros empregadores?

 

matéria da Folha de São Paulo

Clique na imagem para ver a matéria da Folha de São Paulo

 

Parcerias Inovadoras 

Para fomentar ainda mais essa politica pública inovadora, o governador Geraldo Alckmin determinou que a Desenvolve SP de início aos estudos para criação de um novo fundo, voltado exclusivamente para apoiar startups que desenvolvam soluções para melhoria dos serviços públicos.

Governando com Inovação

O Governo de São Paulo há vários anos definiu a inovação organizacional como uma de suas prioridades para melhoria e modernização da administração pública. Dentre as diversas medidas adotadas neste sentido, São Paulo foi o primeiro Estado brasileiro a instituir uma Política de Gestão do Conhecimento e Inovação em Governo (Decreto n° 53.963/2009). Mantém, desde então, o inovaDay – evento mensal com palestras de estímulo a formação de cultura inovadora no setor público. Foi, ainda, o primeiro Estado a implantar, em 2013, um Laboratório de Inovação em Governo, o iGovLab – espaço no qual soluções inovadoras podem ser identificadas, testadas e prototipadas.

No inicio dessa administração, o Governo de São Paulo, convicto da crescente necessidade do uso de ferramentas estratégicas e tecnológicas para solução de demandas da sociedade, criou, por meio da Secretaria de Governo, a Subsecretaria de Parcerias e Inovação, que tem entre suas atribuições desenvolver e articular parcerias entre o setor publico e a iniciativa privada de maneira a melhorar a qualidade dos serviços prestados a população. Assim como inovar a forma com que o Estado se relacione com o cidadão.

 

Assista o vídeo de lançamento

 

 

Mais informações
www.pitchgov.sp.gov.br