Distribuição de Conteúdo

Com a explosão de produção de conteúdo por parte de usuários finais, uma característica marcante das ferramentas web 2.0, o volume de material relevante disponível na internet se tornou ainda maior. Por isso, o conteúdo nem sempre chega a quem tem interesse e precisa dele. Para contornar esse problema, foram criadas ferramentas que permitem a distribuição automática dessas informações.

Essas ferramentas coletam “pedaços” de conteúdo que vão automaticamente para o(a) usuário(a) que assina – por meio das mesmas – o acesso a sítios de seu interesse, como notícias, blogs e vídeos. Por meio de agregadores de conteúdo, como o RSS (Really Simple Syndication) e o Atom, é possível unir em uma única página “pedaços” de sítios diferentes, desde que o portal em questão ofereça esta opção.

A ferramenta tem como finalidade facilitar ao usuário o acesso direto a conteúdos de relevância para o seu dia a dia, sem ter de acessar diferentes páginas. No âmbito organizacional, é uma maneira de as organizações manterem as suas partes interessadas informadas sobre fatos relevantes da organização e do mercado.