Pedagogia Profunda e o Uso de dados para política educacionais

No  dia 29 de Outubro o inovaDay teve como temas:

“O educador, princípio da Pedagogia Profunda” 

Com Céline Lorthiois que é pedagoga, com especialização em Cinesiologia Psicológica pelo Instituto Sedes Sapientiae, mestre em Psicologia da Educação pela (PUC/SP). Desde 1984 realiza trabalho pedagógico baseado em atividades lúdicas, trabalhos manuais e corporais, junto a crianças e adolescentes que apresentam dificuldades afetivas ou de aprendizagem. Coordena desde 2011 as oficinas do Atelier Fazer e Ser. Idealizadora da Pedagogia Profunda, pedagogia junguiana, que divulga e ensina em cursos livres e em instituições de ensino.

 

“O uso de dados como norte para políticas educacionais”

Com Ernesto Martins Faria que é Graduado em Ciências Econômicas pelo Insper , mestrando em Gestão e Políticas Públicas na Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP). Fundou o portal Estudando Educação e coordena o desenvolvimento do portal QEdu, o maior portal de dados educacionais do país.. Atualmente exerce a função de Coordenador de Projetos na Fundação Lemann, onde, além de coordenar o desenvolvimento do portal QEdu, desenvolve e coordena pesquisas em educação

Abertura

Flávio Ricci – Assessor de Comunicação/FUNDAP, Lais Macedo – Diretora Técnica de Formação Profissional na FUNDAP, José Antonio Carlos – Assessor de Inovação

 

“O educador, princípio da Pedagogia Profunda”  com Céline Lorthiois

“O uso de dados como norte para políticas educacionais” com Ernesto Martins Faria

Santo de Casa faz Milagre com Taciano Gonçalves

 

Debate

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *