“Work Out Loud”

“Work Out Loud” pode traduzir-se como “trabalhar alto”, numa derivada de “falar alto”. É um conceito cunhado em 2010 por Bryce Williams e que John Stepper aplicou no âmbito do seu trabalho no Deutsche Bank, popularizando-o mundialmente. Tem sido tão bem recebido que vai, brevemente, ser divulgado através de um livro que o próprio John Stepper está a organizar.

“Trabalhar alto” tem a ver, essencialmente, com a utilização de ferramentas sociais para documentar e partilhar o trabalho realizado, as ideias que vão surgindo, as conexões descobertas, os contatos feitos, as lições aprendidas, as questões que surgem. É uma forma de trabalhar, partilhando em simultâneo, com o resto da organização (ou de alguma outra rede que faça sentido).

Para John Stepper, “trabalhar alto” envolve 5 elementos:

  1. dar visibilidade ao seu trabalho
  2. (com o intuito de) melhorar o trabalho
  3. generosidade
  4. construir uma rede social
  5. agir com um propósito.

Nas suas palavras,

“Empregados que trabalham de forma mais aberta e conectada – “trabalham alto” – têm uma maior controlo sobre as suas carreiras profissionais e as suas vidas.”

É, sem dúvida, uma ideia que já se encontra em muitos aspetos da nossa vida social e que irá começar a permear as nossas organizações. Fica no nosso Radar, ao mesmo tempo que deixamos um pequeno cartoon da simply-communicate.com sobre o tema.

Cartoon "Working Out Loud" de Tim Ruscoe

Cartoon “Working Out Loud” de Tim Ruscoe na simply-communicate.com

Sem comentários ainda

Comentários