Economia da Colaboração: agora B2B

Por Ignacio Malapitan @Wikimedia Commons

Por Ignacio Malapitan @Wikimedia Commons

A Economia da Colaboração já se encontra bem estabelecida entre indivíduos, como mostram os exemplos como do Catarse, Airbnb e Waze. A novidade agora é que empresas têm também usado plataformas tecnológicas para permitir o compartilhamento de recursos entre elas, como conta este artigo.

Empresas podem compartilhar espaço físico, como possibilita o ShareMyOffice, ou equipamentos, como propõe o FLOOW2. Podem inclusive ir além e compartilhar ativos intangíveis, como funcionários, através de plataformas no estilo do Elance. E até mesmo patentes, como oferece o Quirky.

Essa é uma ideia que poderia ser aproveitada com sucesso pelo setor público, oferecendo recursos subutilizados, ou mesmo contratando recursos temporariamente, através de uma plataforma que garanta a transparência do processo.

 

Sem comentários ainda

Comentários